Questões além do modelo padrão inspiradas pelo trabalho de Paul Dirac – celebrando os 90 anos da equação de Dirac

Resumo:

Podemos considerar que a gênese do Modelo-Padrão das Interações Fundamentais localiza-se nos 2 trabalhos de Dirac, de 2 de Janeiro e de 2 Fevereiro de 1928, quando lança a sua celebrada equação, que leva à previsão de novas formas de matéria. Analisando-se a literatura que culmina com a proposta do Modelo-Padrão, percebe-se o pensamento Diraqueano ao longo das décadas de 1930 – 1970. Porém, mesmo questões atuais que transcendem à Física do Modelo-Padrão, como, por exemplo, a discussão do momento de dipolo elétrico do elétron, o cenário supersimétrico, a proposta dos préons e a própria conjectura gauge/gravity estão também presentes em trabalhos publicados por Dirac na década de 1960.

A ideia central desta palestra é, então, demonstrar como a literatura Diraqueana e a sua postura frente à relação entre a Física e a Matemática são, em alguns períodos manifestos, e em outros períodos subjacentes aos esforços que atingiram o seu clímax com a formulação do modelo SU(3) x SU(2) x U(1), e ainda mais: anteveem Física além do Modelo-Padrão.